Categorias
Redação

A história por trás do nosso título: “É simples mas complexo…”

Simples mas complexo… tudo começou na faculdade na tentativa de fazer um projeto de estágio supervisionado.. mas algo de errado não deu certo

Eu imagino que você deve se perguntar o que o autor deste blog estava fumando quando resolveu usar este título, pois bem, quando estava na faculdade e tínhamos uma difícil missão de pensar em um projeto para o nosso estágio supervisionado, meu colega e eu pensamos em uma inovação e queríamos fazer um aplicativo muito parecido com o Tinder…

(mesmo antes do Tinder existir… estaríamos ricos hoje.. éé….)

… e a nossa querida professora rejeitou nosso projeto faltando 3 dias para a apresentação de um outro. Na tentativa de nos ajudar ela tentou nos empurrar um projeto da universidade e então ela começou o discurso dela assim:

Tem um sisteminha aqui pra clínica de odontologia, é bem simples mas bem complexo

Prof. Dra. G.C.I.
Você já olhou pra alguém e pensou: o que se passa na cabeça dela?

Uau professora, com certeza vamos ficar com esse “Simples mas Complexo”… e claro, isso se tornou motivo de piada para nós, afinal o conceito de ter algo simples distoa completamente de ser algo complexo.

Após décadas de aprendizado, debugs, colons e semicolons, eu resolvi compor um material para ajudar quem está entrando no mundo da programação, ou está retornando, ou está se atualizado, ou até mesmo, quem já está nesse marvimundo e quer aprender Banco de Dados, API’s, DevOps, BigData, Machine Learning, Inteligência Aritifical… de forma simples, afinal sabemos que são teorias complexas, e isso faz total sentido para mim agora! Talvez tenhamos até reagido mal aos ensinamentos daquela tão….. tão… daquela nossa professora, afinal hoje podemos falar de forma simples destes assuntos complexos que são BigData, DevOps, Open API, Containers, Virtual Machines… Python? R? Java? JavaScript? TypeScript? C? C#? C++? Scala? Afinal é um alfabeto inteiro para nos divertirmos…

Se eu fazer algo simples mas complexo posso cobrar pouquinho só que bem caro? nunca saberei

É isso, espero que este blog (talvez num futuro não muito distante também canal no YouTube e Podcast e porque não um programa na TV Manchete depois do Jaspion) possa te ajudar de alguma forma.

Por hoje é só pessoal…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *